segunda-feira, 27 de junho de 2011

Czeslaw Milosz



A assim chamada vida 

A assim chamada vida, quer dizer
Tudo o que é assunto de telenovela
Não lhe parecia digno de relatar.
Mesmo que quisesse falar, não o sabia.
Admiravam-no as histórias de homens e mulheres
Que se iam arrastando até à deslembrança coruscante.
Ele próprio só sabia cerrar os dentes, aguentar e
esperar que a velhice inviabilizasse os dramas,
que a novela de amores, ódios, tentações e traições
rebentasse como uma bola de sabão.






2 comentários:

  1. "Nenhuma homem jamais seguiu sua índole a ponto de esta extraviá-lo. Embora o resultado fosse fraqueza física, ainda assim talvez ninguém pudesse dizer que consequencias eram lametáveis, já que representariam a vida em conformidade com princípios mais elevados. se o dia e a noite são de tal forma que vós os saudeis com alegria, se a vida emite uma fragância de flores e ervas aromáticas ese torna mais elástica, mais cintilante e mais imortal - eis ai o vosso êxito. A natureza inteira é vossa congratulação e tendes motivos terrenos para benzizer-vos. Os maiores lucros e valores estão ainda mais longe de ser apreciados. Chegamos facilmente a duvidar de que existam. Logo os esquecemos. Continuem, entretanto, a realidade mais elevada. [ ...] A verdadeira colheita de meu dia-a-dia é algo de tão intangível e indescritível quanto os matizes da aurora e do crepúsculo. O que tenho na mão é um pouco da poeira das estrelas e um fragmento do arco-íris." (Henry David Thoureu, Walden, ou a vida nos bosques)
    Amiga Di

    ResponderExcluir
  2. Rainer Maria Rilke1 de julho de 2011 22:58

    "O destino gosta de inventar desenhos e figuras. A dificuldade dele reside no complicado. A vida mesma, porém, é difícil pela simplicidade. Tem apenas algumas coisas de um tamanho que nos não é adequado. O santo, rejeitando o destino, escolhe estas coisas, em face de Deus. Mas que a mulher, conforme à sua natureza, tenha de fazer a mesma escolha em relação ao homem, é o que evoca a fatalidade de todas as relações de amor: resoluta e sem destino como uma eterna, ergue-se ela ao lado dele, dele que se transforma. Sempre a amante ultrapassa o amado, porque a vida é maior do que o destino. O dom de si mesma quer ser desmedido: é esta a sua ventura. A dor inominada do seu amor, porém, foi sempre esta: que se exija dela que limite este dom de si mesma."

    ResponderExcluir